9 meses do Fabrizio e demissão do emprego nº 2

Dia 18/08 o Fabrizio completou 9 meses e sexta fomos na Dra. Marlis. Ele está com 9.650Kg e 72cm. Tirando um probleminha de pele, a Dra. Marlis disse que ele está ótimo.
Quanto ao desenvolvimento dele, fiz um resumão: ele fica em pé se agarrando nas coisas desde os 7 meses. Com 7 meses começou a se arrastar pelo chão e com 8 meses a engatinhar. Agora, com 9 meses ele engatinha bem rápido e fica em pé se agarrando no que encontrar pela frente. Quando quer voltar ao chão ele se joga de bunda. Não posso deixar nada que quebre ao alcance das mãos dele, pois adora mexer nas coisas. Ainda não bate palmas. Dá tchau, mas meio descordenado. Não manda beijo. Ele fala "mam", especialmente quando eu saio da vista dele. Ainda está com 2 dentinhos, que sairam com 6 meses.
Ele não dorme a noite inteira. Acorda várias vezes a noite me procurando. Infelizmente não pegou chupeta e nem adotou um "cheirinho", ou melhor, tem sim: "eu" sou o cheirinho dele.
De tão exausta eu e o marido conversamos e, com muita dor no meu coração, achei melhor pedir demissão na faculdade onde dou aula e sou Coordenadora de TCC.
Não estava mais conseguindo dar conta de tanta função: dois empregos, casa, marido e filho. A vida é muito cruel com a mulher. Lutamos tanto para conquistar os mesmos direitos dos homens, mas infelizmente as obrigações não foram redistribuídas. Conseguimos a igualdade na colocação profissional, mas continuamos a ter de lavar, limpar, cozinhar, trocar fraldas, dar banho etc etc etc.
Eu estava me sentindo muito cansada e frustrada por não conseguir dar conta de tudo.
Apesar de estar triste em abandonar meus alunos, estou feliz com a perspectiva do futuro. Terei mais tempo para curtir a primeira infância do meu filho. São momentos que passam rápido e jamais voltam. Quem sabe quando ele completar 3 anos eu volto para a facul.
Sexta-feira, dia 17 eu levei o fabrizio ao parquinho do shopping perto de casa. Não levei máquina mas a Danny tirou várias fotos com a dela. Assim que eu baixá-las no meu note eu posto aqui.
Domingo fomos almoçar no mesmo shopping (eu, André e Fabrizio).
Compramos uma toca e uma bola para ele. Vamos encher a toca com bolinhas.
 
Por hoje é só...
 
Filho, você vale qualquer sacrifício. Te amo!!!
 

3 comentários:

Ma disse...

Oi Andressa..com certeza essa decisão é a melhor..pois como vc disse o tempo passa rápido e não volta..as vezes trabalhamos demais e esquecemos de viver mais oq realmente é importante para nós,,,

felicidades
beijooo
Ma

Tatiane Freitas disse...

Andressa,lendo aqui já fiquei imaginando como vou deixar meu bebe quando voltar a trabalhar..
Ele ainda terá 3 meses e meio pq sai de licença um 15 dias antes dele nascer..
Mas que bom que vc conseguiu abrir mão das aulas para ficar mais com o Fabrizio.
Grande beijo

Casar é assim... disse...

Realmente vc tem razão!....E as tarefas de casa nunca acabam, né??
Acredito que vc fez a escolha certa em ter mais tempo com o seu filhote, que estea cada vez mais lindo e fofo =)

Beijos!

Postar um comentário